Os 12 Melhores Moedores de Café Elétricos e Manuais de 2024. Atualizado em Março.

Última atualização em:
Alta Qualidade & Custo Benefício
Elétrico Bom Custo Benefício
Alta Qualidade & Durabilidade
  • ✅ Fácil Regulagem da Granulometria
  • ✅ Ótima Moagem sem Aquecer
  • ✅ Melhor Custo Benefício
  • ✅ Rápido & Compacto
  • ✅ Preço
  • ✅ Fácil de Usar & Limpar
  • 🚫 Um pouco frágil
  • ✅ Alta Precisão
  • ✅ Baixa Rotação p/ Preservar as Características dos Grãos
  • ✅ Feito para Durar
Alta Qualidade & Custo Benefício
  • ✅ Fácil Regulagem da Granulometria
  • ✅ Ótima Moagem sem Aquecer
  • ✅ Melhor Custo Benefício
  • ✅ Rápido & Compacto
Elétrico Bom Custo Benefício
  • ✅ Preço
  • ✅ Fácil de Usar & Limpar
  • 🚫 Um pouco frágil
Alta Qualidade & Durabilidade
  • ✅ Alta Precisão
  • ✅ Baixa Rotação p/ Preservar as Características dos Grãos
  • ✅ Feito para Durar

Os melhores moedores de café do mercado são o TimeMore C2 (manual) e o Baratza Encore (elétrico), duas opções com moagem consistente e com muitas opçóes de granulometria.

Além destes, testamos e apresentamos diversas outras opções para outras situações, como modelos de entrada, mais versáteis, melhor custo benefício, entre outros.

Nossa função é utilizar nossa experiência para testar todos os modelos e auxiliá-lo no processo de escolha do melhor moedor de café para você.

Lista dos 12 Melhores moedores de café elétricos e manuais.

Melhores Moedores Manuais e Elétricos para Cafeteiras Expresso

O Melhor Moedor Manual
1- TimeMore Chestnut C2 1- TimeMore Chestnut C2
  • Tipo: Manual
  • Capacidade: 35 gramas
  • Material: Corpo de Alumínio Espacial, Rebarbas em Aço Inoxidável
  • Dimensões: 11 x 3,8 x 3,8 cm
  • Peso: 467 g
  • Manual

O TimeMore Chestnut C2 Max é o melhor Moedor de Café Manual da nossa lista.

Com uma regulagem fácil da granulometria, suas bem construídas rebarbas de aço de 38 mm conseguem fazer uma moagem muito consistente, só não sendo ideal para a espessura do Espresso.

Além de ser um moedor compacto, prático de usar e rápido: dependendo do grau selecionado, leva-se de 1 a 2 segundos para moer cada grão de café, o que é excelente para um moedor manual.

Sua limpeza também é simples com o uso do pincel que acompanha o produto, que depois pode ser armazenado em uma bolsa bem boa, também inclusa.

Também achamos muito bonito seu design, que oferece uma boa pegada no corpo texturizado do TimeMore. É realmente bem prazeroso o ritual de moer o café com ele.

Nós realmente adoramos os moedores manuais, especialmente se você não precisa moer muito café de uma vez.

Definitivamente, o seu custo benefício é imbatível, para se ter o mesmo resultado em sabor e aroma dos cafés com um moedor elétrico, precisaria-se gastar pelo menos 5 vezes o valor.

O único ponto fraco que encontramos foi a tampa ser de plástico, num produto como este, merecia ser também de alumínio espacial como o corpo.

Se você aprecia o ritual do café, recomendamos fortemente experimentar um moedor de café manual e se sentir ainda mais fazendo parte do processo de desfrutar dessa amada bebida.

Prós:
  • Rápido & Silencioso
  • Qualidade Excelente da Moagem
  • Fácil de Usar & Limpar
  • Acompanha Bolsa & Pincel
Contras:
  • Tampa de Plástico
  • Não é ideal para Espresso

Prático e Genérico
2- Moedor de Café Hamilton Beach Ajustável 2- Moedor de Café Hamilton Beach Ajustável
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 41 xícaras de 50 ml
  • Material: Aço Inox & Plástico Reforçado
  • Dimensões: 23,5 x 11 x 13,5 cm
  • Peso: 840 g
  • Manual

Este moedor de café elétrico Hamilton Beach é o melhor custo benefício entre os elétricos e suficiente para a maioria dos usuários.

Com 150 W de potência, basta escolher a quantidade e qual dos 3 níveis de moagem que ele determina o tempo de moagem. Depois, é só remover o recipiente destacável (o que é bem prático) com o café moído e utilizar.

Este moedor de café Hamilton Beach ajustável também moi temperos, é compacto e bem fácil de limpar.

Além de acompanhar 1 pincel de limpeza, 1 colher dosadora e possuir porta fio, o que é legal para organizar a bancada da cozinha.

O lado negativo é que ele é um pouco frágil e a vedação deveria ser melhor, então é melhor utilizar com cuidado.

E, atenção, o fabricante recomenda cuidado até pegar o jeito de encaixar a tampa, pois só funciona com ela encaixada e se forçar demais, pode quebrá-la.

É um dos mais versáteis e melhores modelos elétricos de entrada.

Prós:
  • 3 Níveis de Moagem
  • Depósito Removível
  • Custo benefício
Contras:
  • Construção Frágil

O Melhor Elétrico
3- Moedor de Café Baratza Encore 3- Moedor de Café Baratza Encore
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 225 g Recipiente Superior e 142 g Recipiente Inferior
  • Material: Plástico Reforçado e Motor em Termoplástico com 15% de Fibra de Vidro (bem resistente)
  • Dimensões: 35 x 12 x 16 cm
  • Peso: 3,1 kg
  • Manual

Este é o melhor moedor de café elétrico da nossa lista, feito para durar ao menos uma década, dificilmente você precisará trocar.

De uso extremamente simples, basta selecionar uma das 40 opções de granulometria e ligar.

Você escutará quando ele terminar e basta desligar.

Um tanto ruidoso, pois seu motor de corrente contínua gira em apenas 550 rotações por minuto, evitando aquecimento e alterar as características do grão. Este talvez seja o modelo de moedor elétrico mais renomado e reconhecido no mundo todo.

Suas rebarbas de aço cônico de 40 mm são extremamente bem fabricadas, permitem calibração e são capazes de moer entre 0,8 a 1,1 grama de café por segundo.

Realmente, não existe produto mais simples que este, ele tem exatamente o que precisa: durabilidade, praticidade de uso e limpeza, muitos níveis de moagem e baixa rotação. Você não ficará atrás do resultado obtido nas cafeteiras.

Só não atende com maestria para o preparo de espressos. E o preço está na faixa superior dos produtos testados.

Nossa combinação ideal é ter um Baratza Encore e o TimeMore C2, o primeiro para o preparo em maior quantidade e praticidade, e o segundo para o preparo mais artesanal e em menor quantidade.

Em nossos testes, foram os 2 moedores que proporcionarem melhor moagem e resultado na bebida.

Prós:
  • Moedor para a Vida Toda
  • 40 níveis de Moagem
  • Super Fácil de Usar
  • Não Esquenta
Contras:
  • Preço

Prático e Robusto
Melhor Custo beneficio
Boa Qualidade & Design
  • ✅ Forte & Prática
  • ✅ Não Faz Sujeira
  • ✅ Belo Design & Acabamento
  • ✅ Preço
  • ✅ Fácil de Usar
  • 🚫 Ineficaz p/ moagens muito finas
  • ✅ Design & Pintura Modernos
  • ✅ Marca Renomada
  • ✅ Boa Construção
Prático e Robusto
  • ✅ Forte & Prática
  • ✅ Não Faz Sujeira
  • ✅ Belo Design & Acabamento
Melhor Custo beneficio
  • ✅ Preço
  • ✅ Fácil de Usar
  • 🚫 Ineficaz p/ moagens muito finas
Boa Qualidade & Design
  • ✅ Design & Pintura Modernos
  • ✅ Marca Renomada
  • ✅ Boa Construção


Prático e Durável
4- Moedor Elétrico KitchenAid 4- Moedor Elétrico KitchenAid
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade:113 g em grãos e Copo medidor de 125 ml
  • Material: Metal & Aço Inox
  • Dimensões: 18 x 10,4 x 9,4 cm
  • Peso: 1,3 kg
  • Manual

Este é o melhor moedor de café elétrico intermediário, com construção superior ao moedor Hamilton Beach. De uma marca bastante renomada, tem bom acabamento em Metal e Inox de alta qualidade. E seu forte motor nos surpreendeu em nossos testes.

É um produto um pouco mais robusto mas ainda bastante compacto e de uso simples. Para o processo de moagem, basta manter a tampa pressionada até os grãos estarem prontos.

Só não chega a ser capaz de moer para a espessura do Espresso.

Se você pode investir um pouco mais em um moedor com melhor vedação (fazendo menos sujeira) e maior durabilidade, este é um dos melhores moedores elétricos do mercado.

Prós:
  • Ótima Marca & Acabamento
  • Bom Tamanho
  • Fácil de Usar & Limpar
  • Robusta & Durável
Contras:
  • Apenas em 110v

Básico c/ Melhor Custo Benefício
5- Moedor Cadence di Grano 5- Moedor Cadence di Grano
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 45 gramas de café
  • Material: Plástico
  • Dimensões: 18 x 10 x 11 cm
  • Peso: 680 g
  • Manual

Este moedor de café elétrico Hamilton Beach é o melhor custo benefício entre os elétricos e suficiente para a maioria dos usuários.

Com 150 W de potência, basta escolher a quantidade e qual dos 3 níveis de moagem que ele determina o tempo de moagem. Depois, é só remover o recipiente destacável (o que é bem prático) com o café moído e utilizar.

Este moedor de café Hamilton Beach ajustável também moi temperos, é compacto e bem fácil de limpar.

Além de acompanhar 1 pincel de limpeza, 1 colher dosadora e possuir porta fio, o que é legal para organizar a bancada da cozinha.

O lado negativo é que ele é um pouco frágil e a vedação deveria ser melhor, então é melhor utilizar com cuidado.

E, atenção, o fabricante recomenda cuidado até pegar o jeito de encaixar a tampa, pois só funciona com ela encaixada e se forçar demais, pode quebrá-la.

É um dos mais versáteis e melhores modelos elétricos de entrada.

Prós:
  • Praticidade
  • Tamanho
  • Custo benefício
Contras:
  • Fraco para moagens mais finas

Boa Qualidade & Design
6- Bialetti Electricity 6- Bialetti Electricity
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 50 g
  • Material: Corpo e Lâminas de Aço Inoxidável & Pintura Eletrostática
  • Dimensões: 18 x 10,5 x 10,5 cm
  • Peso: 940 g

O moedor de café elétrico da Bialetti é também uma bela peça de decoração. Com acabamento metálico em vermelho brilhante, suas lâminas de aço têm ótima potência.

Porém, como as lâminas são fixas, é um pouco difícil a limpeza. Algo bem comum entre os moedores elétricos. Também conta com porta fio e tampa transparente.

É um modelo de moedor simples e sem regulagem, porém com boa construção. Achamos um pouco caro pro que oferece, a não ser que você curta o design moderno dele, que realmente chama a atenção na casa.

Prós:
  • Bonito & Prático
  • Bom Acabamento
  • Ótima Marca
Contras:
  • Difícil de limpar
  • Um pouco caro

Manual p/ Espresso com Lâminas de Cerâmica
7- Hario Skerton Pro 7- Hario Skerton Pro
  • Tipo: Manual
  • Capacidade: 100 gramas de café
  • Material: Madeira, Aço Inox e Plástico
  • Dimensões: 40,6 x 27,9 x 33 cm
  • Peso: 560 g

Este moedor manual de café é feito pela Hario, uma clássica marca de café japonesa, criadora do método Hario V60.

Com Design Clássico, tem excelente acabamento e construção, além de lâminas de cerâmica, que não esquentam e preservam as propriedades dos grãos de café.

Fácil de usar, oferece ótima consistência de moagem e é capaz de moer até para a espessura do Espresso. É um bom custo benefício para a qualidade no resultado do sabor da bebida.

É possível desmontá-lo para lavagem, porém este processo deve ser feito com bastante cuidado pois há peças pequenas.

Ainda preferimos a moagem do moedor TimeMore C2, mas se você gosta do Design deste modelo e quer utilizar para Espresso, é uma excelente opção para sua casa.

Prós:
  • Lâminas de Cerâmica
  • Ótima Construção & Acabamento
  • Capaz de Moer para Espresso
  • Marca Tradicional
Contras:
  • Nenhum

Premium com Ajuste para Espresso
8- Moedor Tramontina Express 8- Moedor Tramontina Express
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: Funil de 450 g
  • Material: Alumínio e Corpo em Aço Inox Escovado
  • Dimensões: 39,5 x 22 x 16,5 cm
  • Peso: 2,85 kg
  • Manual

Este modelo da Tramontina é um dos melhores moedores de café do mercado nacional, feito em parceria com a Breville, empresa australiana tradicional no mundo do café.

Com um enorme funil com capacidade para 450 gramas em grãos de café e 60 níveis de moagem, ideal para quem prepara muitos cafés diariamente. Além de ter a bandeja removível para auxiliar na limpeza.

Na mesma faixa de preço do Baratza Encore, é um moedor mais moderno: possui um Display Digital com iluminação que mostra para quantas xícaras pode moer. Além de ser capaz de moer para a espessura do Espresso.

Por ser um moedor maior, naturalmente, sua retenção de café também é maior. Além de ser um equipamento mais ruidoso que os menores.

Um páreo duro para o Baratza Encore, ele é o melhor moedor de café do mercado se você busca uma peça mais moderna, ou para o preparo de café espresso. O resultado no aroma e no sabor do café são excelentes. Testamos para a cafeteira italiana e os sabores surpreenderam.

Prós:
  • Alta Capacidade
  • Excelente Acabamento
  • Tela em LCD
  • Bom para Espresso
Contras:
  • Um pouco ruidoso

Leve & Funcional
9- Oster Inox 9- Oster Inox
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 50 g
  • Material: Inox
  • Dimensões: 18 x 11 x 11 cm
  • Peso: 760 g

Este moedor de café elétrico Oster é um modelo super simples e de preço muito competitivo. Também no segmento dos moedores de entrada que não possuem regulagem.

Em vez das lâminas, são apenas hélices que trituram o grão do café até o ponto desejado. Aliás, ao testarmos, mais de uma vez o grão travou na hélice e o motor travou, e tivemos de soltá-lo.

Possui tampa em vidro transparente, espaço para enrolar o fio na base e acompanha colher dosadora. Apesar da simplicidade, este moedor de café Oster funciona bem, como a maioria dos produtos da marca.

Prós:
  • Compacto & Bonito
  • Tampa em Vidro Transparente
Contras:
  • Frágil


Versátil & Compacto
10- Philco Perfect Coffee 10- Philco Perfect Coffee
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 45 g
  • Material: Lâminas de Aço Inoxidável, Plástico e Metal
  • Dimensões: 17 x 10 x 10 cm
  • Peso: 640 g
  • Manual

Este moedor de café Philco tem a vantagem de funcionar bem também para moer temperos e castanhas.

Também possui base antiderrapante com porta-fio, o que é sempre bem-vindo. Além de um sistema de segurança para não funcionar sem a tampa.

Porém, em relação aos modelos anteriores, percebemos que ela tem a moagem mais irregular. O que também notamos ao testar o outro modelo da Philco, o Philco Grano Aroma.

Prós:
  • Bom também para moer temperos e castanhas
  • Tampa Transparente
Contras:
  • Moagem um tanto irregular

Prático & Bonito
11- Black Decker MG200 11- Black Decker MG200
  • Tipo: Elétrico
  • Capacidade: 60 g
  • Material: Lâminas e Corpo em Aço Inox
  • Dimensões: 23,4 x 13,8 x 14,4 cm
  • Peso: 980 g
  • Manual

Este modelo da Black Decker é um pouco mais robusto e potente que os outros modelos de entrada, com 220W de potência.

Outras praticidades são a possibilidade de moer temperos, a tampa transparente, o cabo mais longo (de 100 cm) e o copo removível, o que facilita na hora de transferir o café já em pó.

Também tem base antiderrapante e funciona com Botão Pulsar; lembrando de usar pausadamente para não aquecer os grãos.

Nos testes, gostamos que ele não faz muita sujeira na hora de transferir o café moído. Porém, ele foi um pouco mais barulhento que seus concorrentes. No mais, o moedor Black Decker MG200 é uma boa opção de entrada.

Prós:
  • Design
  • Potência
  • Versatilidade
Contras:
  • Um pouco barulhento

Manual Bom Custo Benefício
12- Tramontina Realce Inox 12- Tramontina Realce Inox
  • Tipo: Manual
  • Capacidade: 55 gramas
  • Material: Inox com Copo de Acrílico e Lâminas em Cerâmica
  • Dimensões: 21,3 x 10,1 x 19,2 cm
  • Peso: 500 g

O Tramontina Realce é um moedor manual um tanto diferente, ele possui uma base de silicone que funciona como uma ventosa para ser fixada na mesa. E, assim, você conseguir girar a manivela usando apenas uma mão.

Porém, ao menos quando testamos, a ventosa não segurou bem e tivemos de utilizar ele no ar com as duas mãos mesmo.

Ainda assim, gostamos do resultado do processo de moagem e do sabor do cafezinho. Ele oferece 16 opções de moagem, além de ter as rebarcas cônicas de cerâmica, que não provocam calor nos grãos.

Mais uma opção interessante da Tramontina.

Prós:
  • Lâminas de Cerâmica
  • 16 Níveis de Moagem
Contras:
  • Pegada Ruim

melhor moedor de café expresso

O quê saber para fazer a escolha do melhor moedor de café para você.

Depois de avaliar e experimentar com tantos moedores de café, apresentamos aqui o que considerar para escolher o melhor moedor para você.

1- Moedor de Café Elétrico ou Manual?

A escolha entre um moedor de café elétrico ou manual depende de diversos fatores.

O Moedores elétricos têm a vantagem de moer os grãos mais rapidamente e em maior quantidade de uma vez.

Já o Moedor de café Manual tem a vantagem de ser mais barato. Ou seja, por um mesmo valor, um moedor manual será superior ao moedor elétrico.

2- Como usar o Moedor de Café?

Depende do tipo do moedor.
Para os moedores elétricos, em geral, basta abrir a tampa, adicionar os grãos de café e ligar. Para então, recolher no recipiente do café moído, em pó.
Para os moedores manuais, o processo é bem parecido. Só que em vez de acionar por um botão, você mesmo que irá manualmente girar uma manivela que irá moer os grãos de café que serão depositados num recipiente embaixo.

Em ambos, basta pegar o café agora em pó e utilizá-lo em seu método de extração de café preferido.

3- Por que é importante moer o café na hora? Quais as Vantagens?

É importante moer o café na hora para ter um café fresco e, consequentemente, uma melhor extração e qualidade, tanto no aroma quanto no sabor do café. Estas são as principais vantagens.

Após ser moído, o café começa a envelhecer e perder suas propriedades. Assim, moer café e prepará-lo em seguida proporciona uma melhor experiência, além de ser um ritual bem prazeroso, especialmente utilizando um moedor manual.

4- Capacidade dos Recipientes do Moedor de café

Sempre verifique a capacidade dos recipientes do moedor de café, tanto o recipiente onde depositam-se os grãos quanto o recipiente onde o café sai moído.

A capacidade pode variar bastante, desde os módicos 30 gramas de café no TimeMore C2 até os generosos 450 gramas de café do Tramontina Express, by Breville.

5- Quais os tipos de lâminas?

Existem as lâminas de aço e as lâminas de cerâmica.

As lâminas de aço costumam ser mais baratas, com o lado negativo de esquentarem com facilidade. Com elas, recomendamos não prolongar o uso ligado para evitar aquecer e afetar as propriedades dos grãos.

Já as lâminas de cerâmica costumam ser mais caras justamente não aquecerem como as de aço, mantendo as características dos grãos.

6- Quais os tipos de moagem?

Os tipos de moagem também variam entre os moedores de café.

O processo de moagem de grãos pode se dar por rotação lenta ou rápida. Mais lento proporciona uma moagem mais uniforme e sem aquecer o grão do café; obtendo uma produção melhor de sabores e aromas.

E com regulagem entre os níveis de moagem por ajuste no moedor ou pelo tempo com ele ligado. O primeiro método é o mais preciso.

7- Material

O material do corpo costuma ser de aço inoxidável, plástico e ou metal.
Em nossas avaliações, sempre citamos a durabilidade e a qualidade da construção dos modelos.

8- Design & Cores

O Design e as Cores do produto também merecem atenção, uma vez que tudo do universo do café costuma acrescentar um charme ao ambiente.

Apresentamos aqui algumas opções que também decoram sua cozinha, como o despojado Bialetti Electricity e o TimeMore Chestnut C2.

9- Facilidade de Limpeza

A Facilidade de Limpeza deve ser observada pois, em geral, não é uma simples tarefa limpar um moedor de café.
Geralmente, pó fica acumulado embaixo das lâminas e muitas vezes na vedação da tampa.
Por isso, preferimos utilizar os moedores apenas para moer café e sempre ter um pincel para retirar o pó remanescente. Apesar de alguns modelos serem compatíveis com máquina lava louças, não recomendamos.

E um moedor com bandeja ou copo removível também tem as vantagens de facilidade na limpeza e na transferência do café em pó.

10- Dimensões, Peso & Tamanho do Cabo

As dimensões e o peso devem ser verificados, para ter certeza como o produto ficará no espaço separado para ele.
Aqui, informamos a dimensão e o peso de todos os modelos e, quando possível, o tamanho do cabo.

11- Voltagem do Moedor elétrico

Todos nós já esquecemos de conferir a voltagem de um produto antes de usar.
Lembre-se de conferir a voltagem do produto antes de comprá-lo.



melhor moedor de café moendo grão

Perguntas Frequentes

Pode moer grãos de café no liquidificador?

Pode moer grãos de café no liquidificador, porém a moagem será mais irregular e tem uma maior chance de aquecer os grãos do café.

Por que o Moedor de Café Elétrico é mais prático?

O moedor de café elétrico é mais prático devido a velocidade da moagem. Porém, existem modelos manuais que são bem rápidos caso você não precise moer uma quantidade muito grande.

Qual é a melhor marca de moedor de grão de café?

A melhor marca de moedor de grão de café no mercado nacional é a Baratza (para os modelos elétricos) e a TimeMore (para os modelos manuais).

Hélices ou brocas, qual o melhor método para moer café?

O melhor método para moer café são as brocas, especialmente as de cerâmica. Assim, há uma moagem mais consistente e sem aquecimento dos grãos.

Conclusão

Em nossa Lista dos Melhores Moedores de Café Elétricos & Manuais, buscamos encontrar as melhores opções para cada situação e função, apresentando suas vantagens e qualidades.

Definitivamente, a nossa escolha é a combinação do TimeMore C2 (manual) com o Baratza Encore (elétrico); ou o Express Tramontina (elétrico) se você quer preparar Espressos. Porém, apresentamos também modelos com melhor custo benefício.

Além dos produtos selecionados, testamos outros modelos que ficaram de fora devido a baixa qualidade, como o Mimo Style que mostrou-se extremamente frágil.

Esperamos tê-lo ajudado a escolher o melhor moedor de café para sua casa e lhe convidamos para conferir nossa seleção das Melhores Chaleiras Elétricas.

Foto do autor

AUTOR(A)

Um Webdesigner aficionado por Café.

Confira as ofertas que estão rolando!

Aqui, você encontra as melhores ofertas em Cafés & Equipamentos.

Ver ofertas do dia