09 dez 21

Podcast # 7 2021- Externalidades no fornecimento de café para a illycaffè

 

Em 2002 a Universidade do Café Brasil realizou a pesquisa externalidades no fornecimento de café para a illycaffè.

Em economia, externalidades são os efeitos colaterais de uma decisão sobre aqueles que não participaram dela, ligado aos efeitos positivos ou negativos, gerados a partir de uma transação.

Existe uma externalidade quando há consequências para terceiros que não são levadas em conta por quem toma a decisão. A externalidade positiva surge quando existem ganhos difusos a partir de uma transação.

A pergunta da pesquisa de 2002 foi se haveria externalidades positivas, monetários ou não para os fornecedores da illycaffè nas outras transações que não as realizadas com a illycaffè.

Os dois dos temas tratados na pesquisa foram

– As estratégias da illycaffè

– Pesquisa realizada com os fornecedores

A illy desenvolveu diversas estratégias para incentivar a produção de café de qualidade no Brasil. Três das estratégias desenvolvidas pela illy no Brasil foram importantes:

– Compra direta do produtor,

– Promoção da qualidade com a instituição de um prêmio de qualidade do café para expresso, Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, que já está em sua 30ª. Edição,

– Pagamento de preços motivadores como incentivo para os produtores que atingissem o grau de qualidade desejado.

Para garantir seu objetivo, a illycaffè estruturou e desenvolveu uma rede de parceiros no Brasil:

– Experimental Agrícola do Brasil: Opera compras, controle de qualidade dos cafés, exportação e extensão tecnológica, com os agrônomos.

– ADS: Opera a Comunicação, o Clube illy do Café e organiza o evento de premiação para produtores.

– Universidade do Café Brasil coordenada desde 2.000 pelo PENSA-USP O Centro de Conhecimentos em Agronegócios.

A UdC Brasil tem como meta gerar e difundir conhecimentos para o agronegócio café.

Nestes 18 anos desde a pesquisa inicial e esta reavaliação, outras empresas seguiram a estratégia da illy.

A demanda por cafés de qualidade aumentou.

Um número crescente de produtores também aumentou a oferta.

Apareceram outros concursos de qualidade, promovidos por diversas associações e organizações, muitos deles seguindo a estratégia pioneira da illy.

Ou seja, cada vez mais a disputa pelos cafés de qualidade se acirra, exigindo uma sintonia mais fina entre empresas e seus fornecedores para atingir suas quotas e necessidades.

A Pesquisa realizada com os fornecedores teve como objetivo avaliar ganhos diretos e indiretos (externalidades positivas) em relações posteriores à comercialização com a illy.

Os cafeicultores comercializam com a illycaffè apenas uma parcela do café que atenda ao padrão exigido pela empresa e o restante é comercializado com outros compradores.

Na época da pesquisa, 2002, a illy comprava apenas o tipo peneira 16 acima, o que gerava o chamado “fundo de peneira” com café peneira 15 e demais.

A principal pergunta era se a reputação gerada por ser um fornecedor da illycaffè poderia facilitar as negociações do restante do café.

Para responder a pergunta de pesquisa foram realizadas entrevistas com 46 fornecedores da illycaffè de diversas regiões selecionados ao acaso. Entre os resultados foi identificado que para a maioria dos entrevistados (82,5%) ser um fornecedor de café para illycafè era um diferencial no mercado, comparado ao recebimento de um certificado de qualidade.

A externalidade positiva era percebida, também, durante a negociação do restante do café de qualidade.

O contexto em 2.021 é diferente, pois o mercado de cafés de qualidade se desenvolveu consideravelmente. A oferta de cafés de qualidade cresceu, como também a busca por cafés de qualidade a partir de compradores nacionais e internacionais, que, a partir das ações da illy, tiveram o Brasil reconhecido como um fornecedor de cafés de qualidade e não apenas um produtor de commodities para fazer volume em blends.

Nas entrevistas realizadas para este Boletim foi destacado que o ganho indireto por ser um fornecedor da illy já foi muito forte, atualmente a maior referência é fornecimento contínuo ao longo dos anos.  No início eram poucas as empresas que compravam café de qualidade regularmente. Por esta razão produtores mais antigos valorizam mais a parceria.

Cafeicultores mais jovens, que não viveram aquela época, já encontraram o mercado muito competitivo por cafés de qualidade. Assim reduziram-se as externalidades de ser um fornecedor illy.

A illy teve um papel importante no desenvolvimento do mercado, tanto por mostrar aos cafeicultores como produzir cafés de qualidade, quanto por chamar a atenção dos demais compradores para o fato que o Brasil pode produzir qualidade em grandes quantidades.

Universidade do Café Brasil criada em 2.000 teve o objetivo foi levar conhecimento sobre como produzir café de qualidade.

Foram feitos cursos abertos para mais de 10.000 pessoas.

A compra contínua de cafés de qualidade, com prêmio de preço, segundo os fornecedores, estimulou o investimento em qualidade, pois ano a ano eles sabiam que teriam para quem vender a safra a um preço diferenciado.

Novas conclusões

Ser fornecedor illy gera externalidades positivas para os cafeicultores. Ou seja, ser fornecedor da empresa é como ter um certificado de qualidade que “contamina” de forma positiva as demais transações feitas pelo produtor.

Os preços no mercado spot estão mais  altos que  os valores  negociados  antecipadamente este ano devido a problemas climáticos . A situação já foi o inverso por repetidas vezes.

Produtores experientes sabem que o mercado flutua, já os mais jovens podem se sentir tentados a romper com a tradição.


Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.